Depressão

Depressão

Depressão é, em última em última instância, sentir-se sem saída diante de um determinado conflito, problema ou situação, o que pode gerar muito sofrimento e dor. A depressão é uma das principais doenças mentais na população idosa, embora também possa surgir em qualquer fase da vida.

A depressão acarreta sintomas físicos e emocionais:

Os primeiros incluem: insônia ou sono excessivo, falta de apetite e perda de peso ou aumento do apetite com ganho de peso, problemas estomacais, diarreia, cansaço excessivo, dores de cabeça, suor excessivos e enjoos, entre outros.

Entre os sintomas emocionais estão: abatimento, ansiedade, irritabilidade, preocupação excessiva, sensação de desamparo, dificuldade de concentração, esquecimento, apatia, indecisão, isolamento social ou sentimento de solidão, visão pessimista do futuro, crises de choro, autoacusação e culpa em relação a si mesmo.

Pessoas com baixa autoestima, que sempre veem a si mesmas e o mundo com pessimismo, ou que se deixam facilmente sobrecarregar pelo estresse, são mais propensas a apresentar depressão. Uma perda grave, doenças crônicas, deficiências nutricionais, distúrbios hormonais, dificuldade de relacionamento, problemas financeiros ou qualquer mudança indesejada nos padrões de vida também podem conduzir a um episódio depressivo.

Procure fazer com que a realidade se encaixe bem para você, assim você poderá gerar um maior sentimento de bem-estar. Com isso, queremos dizer que há pessoas que se sentem muito à vontade em uma rotina, enquanto outras não. Conheça a si mesmo e não se prive de estabelecer sua rotina da forma que ela funcione melhor para você. Em suma, seja inteligente quanto a organizar e interromper o seu tempo. Isso irá diminuir as chances de que o estresse se torne crônico ou agudo, e irá evitar que suas consequências fatais apareçam em sua vida.